terça-feira, 14 de junho de 2011

Take Um ? Agora Corta.


Pausa. Dois minutos, por dois minutos vou fingir não ter qualquer tipo de compromisso, vou imaginar a liberdade de ser o que não sou agora, vou ter na mão o que não tenho, vou pausar, mas sem demora. Dois minutos, e nesses dois minutos fui feliz. Dois minutos, passaram. Paragem. Duas horas, por duas horas vou aperceber-me de realidade, vou entrar em conferência com o meu mais íntimo pensamento e decidir, vou decidir sobre tudo o que tenho dúvidas, vou reflectir. Duas horas, e nessas duas horas esclareci-me. Duas horas, passaram. Término. Dois dias, há dois dias deu-se o fim. E no inicio destes dois dias senti-me aliviada, livre, já tinha a certeza do que queria e o que não queria. Mas, por fim, caí em mim, estava trocada. Estava enganada. Agora sim, passados dois dias, sei o que quero e o que não quero. Quero o antes, não me quero perdida. Quero-te a ti. Junto de mim.

Sem comentários:

Enviar um comentário